Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

Censura de Opinião

Imagem
Não sei falar muito bem sobre política. Meus argumentos chegam a ser até insossos perto do que muita gente discute agora. É bonito de se ver, mas não consigo pensar sobre. Não dá para sair das linhas de raciocínio que estão em voga atualmente. E quando eu tento sair dessa linha padrão, acabo sendo esmagada. Muita gente pode pensar que sou todos esses rótulos que atualmente se dão. Aliás, hoje estamos em uma moda de rótulos. Não aguento mais! As pessoas ficam presas em conceitos fechados que não dão liberdade ao raciocínio próprio. Se fomos argumentar à maneira atual sem os rótulos, os argumentos se esfarelam. Reflitam sobre os rótulos. Onde é que eles ajudam? Eu estudo uma área cheia de rótulos (como se a História toda não o fosse) que é a Idade Média, e quando se começa a pensar o período sem rótulos ou estereótipos, a coisa muda totalmente. Considerar uma pessoa machista, racista, entre outros ismos, acaba mutilando a sua totalidade, que acaba perdendo valor. E muito valor. Bri

O que você anda fazendo com sua vida?

Imagem
Balloons - St-Jean 2012 por Claudette Gallant Sei que a maioria das pessoas irá responder com um claro não interessa , enquanto uma parte responderá com algo fútil, outra parte não irá responder, e apenas uns gatos pingados darão uma resposta que realmente interessa à pergunta do título deste post: o que você anda fazendo com sua vida? Não é para me responder, é pra responder a si mesmo: estou fazendo um convite para uma reflexão com a pessoa mais especial da sua vida: você mesmo . Pode não parecer verdade, mas você é a pessoa mais especial para você mesmo. Esqueça (pelo menos por enquanto) pai, mãe, irmãos, amigos, ídolos. Esqueça todo mundo por um momento. Onde você está, o que está acontecendo com você? Esqueça por um momento a sociedade, a economia, a política, a ideologia, o vizinho. O que você realmente quer para a sua vida? Isso não é egocentrismo, muito pelo contrário, você está mudando o mundo através da única pessoa que você realmente pode mudar: você mesmo . Você não

A culpa não é de ninguém, mas a responsabilidade é de todos

Imagem
As pessoas são responsáveis por tudo que acontece na vida delas. Cerca de 95% da população mundial não tem consciência disso, e a tendência é que elas morram sem ter. Principalmente agora, com a tendência de valorização da vítima. Sinceramente, ser vítima de algo é ficar passivo ao que acontece com a própria vida, permitindo que forças externas te manipulem, te joguem de um lado pro outro, sendo que você pode assumir o controle da sua vida e assumir a responsabilidade pelo que acontece com ela. We want you! por Lode Van de Velde Mas assumir a responsabilidade de algo dá muito trabalho, porque requer coragem, muita coragem. Não digo não ter medo, porque o medo é necessário para se ter noção do que acontece em volta. Ter coragem não é fácil - é mais fácil não ter medo e ser uma pessoa imprudente. Mais fácil ainda é entregar a responsabilidade nas mãos de outrem. É bem mais fácil, mas não há crescimento, nem aprendizado. Sinceramente, não vale a pena. Ultimamente as mulheres reclama