Postagens

Mostrando postagens de agosto, 2014

Refletindo sobre Produtividade

Imagem
Egg and Hammer, por George Hodan As pessoas andam parecendo máquinas: buscam fazer mais e mais, sem se preocupar com a própria saúde ou mesmo descansar um período adequado ao organismo. Mais serviço, mais dinheiro, mais responsabilidades, mais problemas, menos saúde, menos prazer, menos vida. Estamos muito quantitativos. Fazemos muito, mas não se faz nada direito. Tudo fica no desleixado, no provisório, tendo que ser refeito constantemente, apenas para ser feito mais. Não seria melhor deixar de lado fazer muito para, pelo menos, fazer bem? Nossa cabeça hoje em dia está repleta de tarefas a fazer, e para gerenciá-las são utilizadas diversas ferramentas e aplicativos de celular. Uma agenda só não dá conta. Uma pessoa só também não. Não pense que isso é bom, muito pelo contrário: se sua cabeça sozinha não consegue gerenciar seus compromissos, seu corpo também não consegue. Superar limites é uma coisa, há a consciência do esforço, mas não é um estado constante de sobrecarga como na men