domingo, 26 de outubro de 2014

Os Benefícios do Reiki

Meu primeiro post sobre Reiki não vai ser exatamente sobre o que o Reiki é, mas sobre o que o Reiki faz. A principal vantagem do Reiki são suas salvaguardas, que consistem basicamente em não prejudicar quem recebe e não se deixar misturar com energias negativas. Isso é bom porque nem sempre estamos 100% para aplicar, às vezes estamos até nervosos ou ansiosos, e isso não afetará quem irá receber, pelo contrário, quem está aplicando também recebe um pouco de energia Reiki para se estabilizar.

Uma observação importante a ser feita: Reiki respeita seu livre-arbítrio (é uma energia inteligente - mais inteligente que muita gente, hahaha), portanto caso você não queira receber a aplicação, nada irá acontecer. Nada mesmo, posso te garantir. Por mais benefícios que o Reiki possa trazer, ninguém é obrigado a recebê-lo. Claro que sugiro que sempre aceite, até porque não há riscos de ele te fazer mal (mesmo quando uma pessoa está mal intencionada - infelizmente as pessoas são assim).


Luz Subaquática, por Petr Kratochvil

Efeitos Colaterais
Sim, as pessoas podem ter reações não muito agradáveis durante a aplicação. Incômodos e dores são mais comuns do que se imagina, fora as imagens que vem à tona. Não quero assustar, quero ser realista: seu problema pode ficar claro durante a aplicação, e isso é um bom sinal: o Reiki vai até as raízes do problema, sejam nesta vida ou em outra, e busca remover os bloqueios necessários, promovendo a cura. Esse processo é gradual e depende muito de quem está recebendo. Fique tranquilo, e deixe tudo de mau ir embora.

Também ocorre da pessoa relaxar e sonhar outras coisas, agradáveis e tranquilas. Sempre que achar necessário, compartilhe sua experiência com seu terapeuta. Ele pode te orientar com informações importantes a respeito. Não fique preocupado, nem tenha medo: isso irá atrapalhar todo o processo. Tenha em mente coisas boas e tranquilas - vale qualquer coisa dentro deste quesito - e o processo será tranquilo, apesar dos efeitos citados.

Relaxamento
Você relaxa durante a aplicação - praticamente você dorme. Você pode nem se lembrar de nada, inclusive. O importante é que, quando o processo acaba, você se sente em profundo estado de relaxamento, até mesmo meio grogue. É recomendável não fazer movimentos bruscos ou se expor à luz ou barulho fortes. Depois de uma aplicação de Reiki, recomenda-se também não utilizar aparelhos eletrônicos e se expor a coisas negativas, pois você vai estar mais sensível. Vá dormir mais cedo, e seu sono será tranquilo.

Resolução de problemas
Sabe aquelas coisas que vão atravancando nossa vida? Não que o Reiki resolva por conta própria, mas ele traz à tona questões que permitem a resolução dos mesmos, dando condição para que as lições necessárias sejam aprendidas. É aquela hora em que temos confiança para assumir nossos erros e nossas responsabilidades e crescermos como pessoas. A gente assume aquela coragem pra seguir em frente e mudar nossa vida.

Dores e incômodos
Muitas vezes fui ao médico com dores e incômodos diagnosticados como algo que vai passar. No lugar de me acalmar, eu ficava ansiosa: se não fosse nada, aquilo não me incomodaria a ponto de agendar uma consulta e fazer um exame. Ao fazer a auto-aplicação diária de Reiki, essas dores e incômodos sumiram. Mas eu tive que me empenhar: aplicação diária exige disciplina. Não adianta aplicar dia sim dia não. Isso digo aos iniciados em qualquer nível.

Quando o problema volta...
Conheço o caso de pessoas que se trataram com Reiki e retornaram reclamando do mesmo problema. Quando se analisa o que houve, descobre-se que a pessoa não se esforçou para mudar como pessoa, achando que o Reiki iria apenas "trocar os parafusos", como se o ser humano fosse uma máquina e não fosse o próprio responsável pelos problemas, inclusive de saúde. Não adianta: submeter-se ao tratamento Reiki sem mudar de postura e de atitude não irá mudar muita coisa. O Reiki abre a consciência da pessoa para a situação, só que é a pessoa que tem que escolher assumir essa consciência e trabalhar também.

Isso significa que ela poderia resolver sozinha? Sim. O Reiki facilita, vai a níveis nos quais a pessoa não está consciente no momento, limpa as energias negativas, mas quem realmente se cura é o próprio paciente. Eu sei que há pessoas que se empenham, se esforçam, mas não conseguem sair da situação em que estão. O Reiki, então, dá aquele "empurrãozinho", mostra o caminho, e cura acontece.

2 comentários:

  1. Muito interessante, conheço um pouco sobre Reiki é bem superficial mas devagar no meu caso é melhor rs, quebrar alguns preconceitos antes de se aprofundar em algum assunto.
    Mas a parte de que somos responsáveis pelas nossas mazelas concordo inteiramente, espero um dia conseguir ter um melhor nível de entendimento nesses assuntos sou um pouco cética, mas estou trabalhando nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acabar com preconceitos é essencial para se formar uma opinião inteligente sobre determinado assunto.
      Aos poucos as pessoas vão percebendo que são responsáveis pela própria situação, mas cabe a elas assumir isso inteiramente para a mesma mudar.

      Beijos

      Excluir

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.