Postagens

Mostrando postagens de junho, 2015

Pecado e Karma - o que temos a aprender

Começar pelo básico: não viemos a este planeta para sofrer. Tá que aqui não é um dos melhores lugares para se viver (mas não vou dizer que aqui é dos piores - nunca se sabe!), mas o sofrimento é mais um meio ou uma consequência, nunca o fim. Digo isso porque o aprendizado pode ser sem dor, alegre e muito gostoso - depende do nosso ponto de vista. O que para alguns é sofrimento, para outros é aprendizado. Aceita que dói menos , saca? Todos cometemos erros, em diferentes escalas, mas todos dentro do nosso "programa de aprendizado". Esses erros são cobrados - não tem como fugir ou "empurrar com a barriga" (ou seja, não adianta desejar mal para alguém que se safa de uma situação, ou julgar a pessoa por não ser condenada por um crime). Todos os nossos problemas e dificuldades geralmente estão ligados a uma lição específica de aprendizado - tanto é que quando a gente aprende a lição os problemas magicamente somem (e outros surgem). Passamos por muitas situações desagr

A Importância do Perdão

Imagem
Já falei muitas vezes aqui sobre deixar o Passado ir, e ficar onde ele deve ficar: no passado. Talvez seja uma das coisas mais difíceis a serem feitas durante a vida. É praticamente a mesma coisa que falei anteriormente , só que com um detalhe importante: como reagir quando nos deparamos com algo semelhante no Presente? Às vezes esquecemos do Passado, mas não superamos aquela situação. Quando ela volta à tona, uma torrente de rancor vem junto e parece nos consumir novamente pela fúria. Inclusive essa é a causa de muitas doenças do corpo físico. Perdoar é estar em paz com determinada questão dolorosa de nossas vidas. É algo que não pode ser ignorado, mas também não pode ser forçado. Perdão é algo natural e tranquilo - é um sentimento de profunda libertação, como se aquilo nunca houvesse existido, mesmo que esfreguem na sua cara o fato. É algo maravilhoso, intenso e muito profundo. E lento - muito lento. Quando pegamos "prática", quando perdoar se torna algo natural, claro q

Sobre o Potencial Acerolático

Imagem
Para uma aceroleira (ou pé de acerola) crescer forte e saudável, além de dar bons frutos, é necessário um solo adequado, com adubação e água compatíveis - fora a luminosidade. Se a aceroleira não estiver em um bom ambiente (todos os fatores citados anteriormente), seu potencial não será desenvolvido plenamente. As pessoas são como pés de acerola: precisam de um bom ambiente para crescerem saudáveis, principalmente no início do processo evolutivo. Em um primeiro momento, por mais que a pessoa se esforce, se o ambiente for desfavorável, o desenvolvimento será proporcionalmente menor ao esforço utilizado. Para crescer e desenvolver o potencial acerolático, é necessário encontrar um ambiente favorável para tal: mudanças simples de hábitos (como os de saúde e de cultura) já criam um ambiente mais propício para o desenvolvimento do potencial de forma mais equilibrada ao esforço dispendido. Isso é necessário para que num futuro a própria pessoa consiga superar seu ambiente desfavorável e

Uma teoria sobre Respeito

Imagem
Cactos coloridos, por Vera Kratochvil Há algum tempo, inventei um esquema sobre gostar e respeitar, pois são duas coisas distintas que as pessoas acabam por confundir. Nesta confusão, pessoas realmente intolerantes são vistas como críticas e pessoas com opinião diversa são vistas como preconceituosas, por mais que respeitem e aceitem a opinião alheia: 1- Gosta e Respeita 2- Não Gosta e Respeita 3- Gosta e Não Respeita 4- Não Gosta e Não Respeita 1- Gosta e Respeita O tipo mais esperado pelas pessoas, afinal é muito legal estar com alguém que, além de respeitar, gosta da mesma coisa que nós. O grande problema é que, dentro das possibilidades, é um tipo bem raro de achar. 2- Não Gosta e Respeita São pessoas aceitáveis . Mesmo não gostando de determinada coisa, respeitam-na e também quem gosta, evitando palavras e atitudes grosseiras. O problema é que muitos não as compreendem: um comentário inteligente, ou até mesmo bem-humorado pode ser visto como ofensa, fora que muitos con

Keep Walking

Imagem
A vida não para. O tempo não para. Movimento é vida. "Movimento depende do referencial", dizem. "Então escolha um referencial melhor", respondo. Ficar parado é uma morte, você estagna e perde a vontade de continuar (por isso preguiça é algo perigoso - você vai ficando, vai ficando, e não quer sair mais). Vida é movimento. Por vezes nós nos estagnamos no tempo enquanto o Universo continua sua dança. Tentamos nos enraizar em um tempo qualquer em uma vã tentativa do mesmo arrastar-se ad aeternum . É algo extremamente doloroso - o Universo segue o ritmo dele e vai nos arrastando junto de alguma forma . Como eu disse no post linkado anteriormente, o Universo evolui e nós também, afinal, fazemos parte dele. Pense nisso quando bater aquela nostalgia dolorosa ou se revoltar com alguma novidade. Claro que nem sempre o novo é melhor que o velho (não devemos correr como loucos atrás de novidades), mas achar que tudo que é mais antigo é melhor é apegar-se a um tempo que não

Algumas palavras sobre a Inveja

Imagem
Inveja é quando alguém tenta impedir o desenvolvimento do potencial de outrem por não conseguir desenvolver o próprio - ou mesmo negar que possua algum. Isso é projetado pelo invejoso como uma "opressão social", que não percebe (na maior parte dos casos) que o problema está nele e não nas outras pessoas. Um característica importante da inveja é quando não há alegria pelo sucesso alheio, mas ressentimento e até vontade de "melar" o feito. Se o invejoso não perceber que está com inveja e começar a reverter essa situação, tornar-se-á um caricato vilão de ficções, sujeito a sempre se dar mão - por sua própria culpa. Para cortar esse círculo vicioso no qual a pessoa não reconhece seu potencial - não aceita o sucesso alheio - tenta impedir o sucesso alheio - sofre as consequências disso - nega ainda mais o próprio potencial, é necessário aceitar que cada pessoa tem capacidades e dificuldades próprias, além de que o sucesso de uma pessoa pode ajudar no próprio sucesso.

Cabeça vazia é Oficina do Diabo?

Imagem
Esvaziar a mente é algo fundamental para nossas vidas. Dá muito trabalho de conseguir, porém o resultado compensa o esforço. Imagine uma estação de metrô (ou de trem, sei lá): em horários de maior movimento, é notável o desconforto par se locomover, embarcar e desembarcar; quando a estação está vazia, uma enorme tranquilidade nos envolve, e até nosso padrão de pensamentos muda. Nossa mente é assim: quando ela está cheia (de preocupações, tarefas, pendências), nos sentimos desconfortáveis, e só produzimos mais lixo mental. O resultado é uma estafa muito grande. No entanto, quando estamos com a mente vazia, estamos abertos a novas situações e nos deixamos levar pelo ritmo do Universo , onde tudo se encaixa da melhor forma possível, sem preocupações . Só que isso me faz lembrar de um dito popular: cabeça vazia é oficina do Diabo. Aí começa a confusão. Muitas pessoas temem esvaziar a mente por uma série de motivos. Acham que vamos esquecer das coisas, ou mesmo que estamos a ignorar a re