Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Gado Humano

Imagem
Talvez seja uma das coisas mais tristes que eu escreva aqui, mas é algo real e importante a ser dito. É uma das várias tentativas de "acordar" as pessoas de sua situação atual. Não, não vou acordar para os problemas ambientais, muito menos políticos ou financeiros. Aliás, não vou acordar ninguém, vou apenas "chacoalhar" as pessoas - ou melhor, tentar chacoalhar. É bem provável que muitos se ofendam com o que vou escrever aqui - aliás, quanto mais você evolui, mais as pessoas te odeiam (a ponto de te crucificarem, entendeu a referência?). Que as pessoas são manipuladas é fato. Porém o alcance dessa manipulação chega a níveis, digamos, alarmantes. É como se a massa humana se deslocasse adiante, sem rumo definido, à deriva do Universo - sem seguir o fluxo do mesmo . Não, não dá para forçar a evolução de todo mundo de uma pancada só - até porque isso seria catastrófico (evolução demanda muita energia). O que ocorre é que uma pessoa desperta e cresce por vez - as água

Lustrando a Cruz

Imagem
Estou passando dias muito bons na minha vida, dias perfeitos ao meu ver - não fico mais de mesquinhez ou inveja ante as dificuldades, apesar da minha pouca maturidade frente a algumas questões. Lembrei-me de uma expressão bem conhecida que é jogar chiclete na Cruz (ou pedra, ou mesmo cuspir). É uma expressão bem chula, eu sei, mas é comum entre as pessoas que passam dificuldades e as amaldiçoam - como se tivessem vindo a este planeta para sofrer . Fica a dica: nunca amaldiçoe nada, nem ninguém, e tire do vocabulário palavras como ódio, maldito, etc - faz bem pro corpo e pra alma. Decidi então mudar um pouco a expressão para a minha vida: estou lustrando a Cruz - estou fazendo algo bonito e tendo resposta por isso - quando você faz algo de coração, a resposta é imediata, apesar de ser percebida tempo depois. Não significa que eu faço as coisas procurando uma recompensa - não espero resultado algum , a resposta é algo natural e inesperado (por ainda não haver a afinação perfeita c

Cada um no seu Quadrado

Imagem
Você pode não gostar de funk, mas tem que admitir que a música Dança do Quadrado é bastante inteligente. Afinal, ela expressa muito bem o que é limite - uma coisa que as pessoas estão deixando de lado sistematicamente, achando-se donas da vida alheia. Hoje em dia damos muito palpite na vida alheia, esquecendo de respeitar o principal de uma pessoa: seu livre-arbítrio. As pessoas têm todo o direito de escolher o que querem fazer, pensar ou falar, sendo totalmente responsáveis por tal. Sugerir e aconselhar são coisas muito boas, pois elas te mostram outro ângulo da situação em que você se encontra, porém você não é obrigado a seguir a opinião de ninguém. Antes de cuidar dos outros, temos que aprender a cuidar de nós mesmos . Como assim cuidar dos outros? Conforme nosso ego se retrai (ou mesmo se anula), deixamos de lado nossos interesses pessoais para agir em nome de um coletivo. Já não existe mais o Eu e sim o Nós. Vejo muitas ideologias políticas trabalharem com isso, mas elas erra

Vilões das Ficções

Imagem
A ficção é tão real quanto a realidade que nos cerca. Através da ficção, podemos ter acesso ao que as pessoas tentam ocultar. Por isso aquela ideia de que a ficção não existe - é uma salvaguarda pra não entrarem em paranoia coletiva. Claro que não é algo literal, mas algo para ser analisado e refletido. Quando você começa a ler as entrelinhas - da "ficção" e da "realidade" (não existem fronteiras concretas) - tudo muda de figura. O que você achava, de forma tão sólida, perde o sentido, e coisas tão "sem noção" passam a ser reais. Analisando o "coitadismo social" que a nossa sociedade vem passando hoje, onde as pessoas protegem as vítimas de forma exagerada, como se fossem seres sem capacidade de ação, na ficção não é diferente. Histórias antigas são recontadas de forma distorcida - como se fossem o "lado oculto" a ser visto e considerado como verdadeiro. Digo isso pelo filme Malévola, onde a bruxa malvada da Bela Adormecida nada mai