terça-feira, 12 de julho de 2016

Algumas palavras sobre Iluminação


Pode parecer um pouco presunçoso de minha parte escrever sobre um estado no qual ainda não atingi, mas ao entrar em contato com pessoas neste nível de consciência, a sensação é de também o ser. Hawkins fala em seu livro sobre a Iluminação de forma tão natural e tão concreta, que se chega à conclusão que qualquer pessoa, em qualquer nível de consciência, pode esforçar-se e atingir este estágio. A Iluminação seria o nível máximo de consciência possível na Terra, mensurado entre 700 e 1000, ou seja, a pessoa vai se desenvolvendo dentro da Iluminação até atingir a consciência máxima.

Pesquisei algumas coisas na internet sobre Iluminação, e percebi que muita coisa mudou. Algumas pessoas consideram Iluminação o mero despertar de consciência, o que não faz sentido, já que o despertar é a página 1 do volume 1 e a Iluminação é a página 1 do volume 2, por assim dizer. Outra coisa, Iluminação é possível, mas não significa que seja fácil, tampouco significa que é necessário ser monge para tal. Só que não há um caminho, uma receita de bolo - cada pessoa é única, especial por si só, e seu caminho é único.

A pessoa iluminada não possui mais ego - vive para o Outro, que agora é parte de si. Tudo se torna Uno, expressão de Deus - bem e mal, verdade e mentira, etc. É um conceito que mais deve ser sentido, experimentado, do que explicado, racionalizado.

Interessante notar que a pessoa iluminada não é uma pessoa "certinha", ou mesmo "perfeita": quando ela consegue superar a fase de "surto" que se dá durante a transição, ela tem uma vida, digamos, normal. Ela continua bebendo, fumando, comendo carne e fazendo sexo como qualquer outra pessoa. Ela não vira um monge, como muitos pensam. Não é necessário se tornar uma pessoa ascética para evoluir. Outra coisa é pensar que a pessoa iluminada é séria e sisuda: são as pessoas mais bem humoradas que você pode conhecer! O riso é divino.

Uma característica da pessoa iluminada é "iluminar" tudo o que está ao redor: quem está a sua volta sente a elevação da consciência, um profundo bem-estar e relaxamento. Por isso muitos buscadores meditam observando fotos de pessoas iluminadas, já que promove a mesmo efeito. Se, na maioria dos casos, as pessoas tendem a se desarmonizar em meio negativo, um iluminado tende a harmonizar o negativo, contrabalanceando energeticamente 70 milhões de pessoas em níveis baixos de consciência.

O contato constante com pessoas iluminadas acelera o processo evolutivo tanto do iluminado (sim, pessoas iluminadas continuam evoluindo) quanto do outra pessoa. Por isso nos sentimos tão bem com estas pessoas quando aceitamos que nossa frequência seja elevada por elas. O desconforto que pode haver no contato pode ser pela evolução negativa (existe iluminação negativa) ou mesmo pelo Efeito Matrix.

Parafraseando Enigma: não é o começo do fim. É o retorno a si mesmo - o retorno à inocência.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.