terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Diane Stein, mestre Reiki?

Deparei-me com esta pergunta ao ler mais atentamente o livro Reiki Essencial, de sua autoria. Nele, ela conta suas desventuras em se tornar mestre Reiki e suas dificuldades. Foi iniciada no nível I por um amigo nível II, além de outros amigos e conhecidos lhe ajudarem a receber iniciações nos outros níveis gratuitamente, já que não possuía dinheiro para pagar os cursos na época.

O que ocorreu é que ela nunca recebeu um certificado que comprovasse tal sintonização, e em seu livro ela não cita os nomes de seus mestres. A coisa fica meio solta ao se apresentar a linhagem de Reiki, que é justamente uma forma de se comprovar que é reikiano. De certa forma isso deslegitima seus iniciados sucessivamente, chegando aos dias de hoje. O que muitos não aceitariam.

Reiki é canalização de energia, e não irradiação. Enquanto aquele é o uso da energia do ambiente, este é o uso da própria energia vital, o que além de causar danos em quem emite, pode causar danos em quem recebe. Por isso a linhagem é tão importante: é a certeza de que aquela pessoa foi iniciada, sabe o mínimo do que está fazendo, e não haverá "contaminação" energética.

Por outro lado, Diane Stein é reconhecida mundialmente por seu trabalho. Centenas de pessoas foram iniciadas por ela (de acordo com o que ela diz), fora aqueles que não se preocupam com sua linhagem com tanto zelo. Ela sentia a energia, melhor que muitos reikianos devidamente iniciados. Ela trabalhou com muita gente, mas muita gente mesmo. Se ela não tivesse sido iniciada, ela não teria feito nem metade do que fez.

Esse tipo de impasse talvez nunca será resolvido, mas não há como mudar o passado, e sim superá-lo com novas atitudes. Uma delas é quanto ao reconhecimento do reikiano. Há duas implicações: a formal e a energética. A formal é o reconhecimento social do reikiano: um documento que o permita ser reconhecido como reikiano e possa atuar como um. A energética é o que ele faz ser realmente um: canalização da energia cósmica. Não adianta ter um diploma se não sabe aplicar, assim como só saber aplicar sem um reconhecimento formal pode gerar muita confusão.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.