terça-feira, 17 de outubro de 2017

Reiki ao Planeta - por que não recomendo


Nessa iminência de guerra mundial, pediram-me para enviar Reiki ao planeta para acalmar os ânimos - fazer com que as pessoas caíssem na real e deixassem de lado essa ideia "boba". Parece algo muito bonito de se fazer, mas, analisando a fundo, é algo arriscado e, na minha opinião, desnecessário. Cada pessoa é em si um reflexo do planeta, ou seja, se o planeta vai mal, em você a coisa não está boa também. O que se tem hoje em dia é uma agressividade reprimida, pronta pra explodir a qualquer momento, que ao invés de ser liberada, é mais e mais reprimida - afinal, "não se pode ser violento".

O envio de Reiki coletivo é comumente ensinado no Shinpiden (Reiki IIIa), mas pode ser praticado mesmo no Shoden (Reiki I). Para alguns mestres, enviar Reiki ao planeta é uma obrigação equivalente a recitar os Cinco Princípios todos os dias. No entanto, como toda aplicação, o envio de Reiki ao planeta traz à tona problemas que estão enraizados há muito tempo, nos quais as pessoas (em sua grande maioria) não têm consciência para aprender com eles e superá-los. De certa forma, você fica responsável por essa "bagunça" - mais do que já o é.

A situação do mundo neste momento é um reflexo de como está o interior das pessoas: explosivo. Qualquer coisa, dita ou feita, já causa alvoroço. Não se busca entender o que aconteceu, mas logo tomar uma providência. Não é questão de pensar antes de fazer, mas sim de agir pensando, consciente da situação. Há muita raiva acumulada e mal trabalhada. É perceptível o desejo que algumas pessoas têm em agredir outras. Será que tentar manter um mundo "em paz" seria uma forma de se tentar manter o status quo, ou mesmo de evitar ter que se adaptar a uma nova situação?

Cuidar de si mesmo é a melhor forma de promover a paz mundial. A paz interior ressoa no ambiente e o harmoniza. É comum pessoas falaram que se sentem bem na presença de determinados indivíduos: é a paz que eles irradiam, e que pode ser alcançada por todos. Isso não significa que sejam pessoas não-violentas: quando necessário, partem pra cima de quem for. Ter mais disciplina com a própria evolução, independentemente do caminho que escolher, surte muito mais efeito, apesar de ser menos aceitável entre as pessoas.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.