terça-feira, 22 de outubro de 2019

Como ter um blog - Divulgação


Então se chega a uma questão importante: como divulgar um blog? Ele está lá, com seu nome, endereço, plataforma e posts, tudo organizado e limpinho. Faltariam então os leitores, não é? Sim, mas quantos? Infelizmente existe a ideia de que quanto mais acessos ao blog melhor: mais gente comentando, mais pessoas consumindo os produtos do blog e mesmo clicando nos anúncios do AdSense. Também dá para fazer contratos de publicidade e ganhar um dinheirinho extra.

Pois bem, a ideia dessa série de postagens é a de você criar um blog, e não um "blog de sucesso", pelo menos não no sentido que é comumente dado. Para mim, um blog de sucesso é aquele em que há gosto por escrever, não um mero trabalho maçante para caçar assunto e assim cavar acessos. Lembro de um tutorial que "ensinava" a ver quais os assuntos eram mais pesquisados dentro de um determinado nicho e a partir daí escrever o post: basicamente você está sentando na janelinha após pegar o bonde andando. Muito melhor você desenvolver o assunto a partir do seu ponto de partida, e não dos Trending Topics.

Ao longo do tempo, você vai ouvir falar de "page rank" e SEO (otimização nos mecanismos de busca). Depois de tanto tempo blogando, percebi que cuidar disso é "perda de tempo". Como disse em outro post desta série, os algoritmos de busca vivem mudando, e está claro que alguns sites/blogs são mais "valorizados" do que outros, mesmo que alguns tenham conteúdo melhor (e mais acessos, inclusive). A maior parte (para não dizer todos) os macetes só funcionam com alguns blogs, não com a maioria.

Outra coisa: ter um blog famoso implica ter mais e mais tempo para se dedicar a ele. Tanto a manter o nível de postagem, quanto a responder comentários, atender a sugestões e mesmo lidar com intrigas virtuais. Isso sem ganhar uma fortuna, quando não gastando dinheiro para manter o blog. Esse balde de água fria é necessário, pois muitos blogueiros largam seus blogs por conta desse sucesso fracassado.

Nessa toada, as redes sociais apenas complementarão o blog com conteúdo e serão mais um espaço para o feedback dos leitores. Esteja onde achar que o blog deve estar e interaja com outros usuários. Converse com pessoas a sua volta sobre o blog, sem se preocupar em convencê-los a acessar e comentar. Se o blog for bom, bons leitores aparecerão. Insistir com péssimos leitores pode causar um desânimo desnecessário: há pessoas que só comentam para ofender.

No caso do blog profissional, haverá a rede de contatos da profissão. E assim como você conversa com pessoas do seu meio profissional, você informa a elas de seu blog. A tendência é um bom profissional ter um bom blog em sua área, já que conhece o assunto muito bem. Já o blog de uma empresa será divulgado pela propaganda da empresa, apesar de ser possível desenvolver junto uma interação voltada às redes sociais.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.