terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Saúde Física e Poder

Indo ao capítulo 17 do livro Power vs. Force, Hawkins comenta sobre como os padrões atratores elevados estão ligados à saúde. A motivação de uma pessoa está ligada aos seus princípios, e o efeito desta ligação supera o relativo a causas psicológicas. Logo, quanto mais elevados são os princípios aos quais uma pessoa está alinhada, mais saudável ela é.

No entanto, eu tenho que observar que, dependendo do local onde uma pessoa ligada a altos padrões se encontre, ela pode vir a sofrer problemas de saúde devido ao excesso de caixa de baixo padrão. Como as pessoas no geral recusam-se a crescer e a ligar-se a estes padrões, é criada uma tensão entre um evoluído e massas de involuídos, onde o primeiro também sofre prejuízos.

Claro que uma pessoa evoluída tende a lidar com essa situação de forma mais serena e a se recuperar de forma mais rápida. Contudo, existe a falsa ideia de que uma pessoa evoluída é literalmente imune a qualquer mal que lhe seja dirigido. Não é bem assim: se um "ataque" for de pequena monta, obviamente os efeitos inexistirão. Só que, como a maioria dos "ataques" não são isolados, os efeitos são sentidos.

Voltando ao livro, Hawkins afirma que o sistema nervoso central possui capacidade de distinguir os níveis de padrões ao redor da pessoa. Se altos padrões energéticos geram saúde, baixos padrões geram doenças. Tratamentos energéticos buscam elevar esses padrões alojados no organismo para recuperar a saúde, como quiropraxia, acupuntura e reflexologia.

Para a recuperação de doenças, é necessário mudar o padrão de vida. Sem essa mudança de padrão, o problema certamente retornará. Grupos de autoajuda são prova disso: é necessário a pessoa decidir sinceramente que deseja mudar, e permitir que a mudança aconteça, por mais sofrimento que ela sinta.

Em medicina, é comum falar que o stress pode gerar diversos problemas de saúde. No entanto, a dificuldade está em encontrar a fonte deste stress, que geralmente é o próprio padrão de vida da pessoa. O que ativa o stress não são as situações da vida, mas as reações perante eles, que são baseadas nos princípios nos quais estamos alinhados, o que foi comentado no começo deste post.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.