Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2021

Resposta Zero e a Falta de Motivação

Imagem
É praticamente impossível fazer qualquer coisa sem um retorno, seja ele positivo ou negativo. A motivação vem principalmente do feedback dos nossos projetos, logo a ausência de retorno é fatal a qualquer ideia posta em prática, pois ele não te dá nenhuma ideia de qual caminho seguir ou de qual iniciativa tomar, como uma grande barreira invisível e intransponível. Um feedback negativo, por mais pesado que seja, ainda serve de pista para dar continuidade ao projeto, sobretudo quando se dedica àquilo o máximo de tempo e atenção possível: grandes empresários faliram diversas vezes antes de acertar o alvo. Hoje em dia, isso nem é mais possível, pois caso você falhe surgirão programas assistenciais para te prender definitivamente em uma situação de miséria. Nem tudo depende da gente, dando a impressão de que quando é necessária a ação de outra pessoa nada dá certo. Hawkins aponta que o nível 200 é a mudança da consciência de projetar a culpa no outro para assumir as próprias responsabil

O problema dos especialistas

Imagem
Devo ter comentado, há algum tempo atrás, da diferença entre o amador e o profissional: o amador faz algo por paixão àquilo, enquanto que o profissional tem uma "certificação reconhecida" na área, o que não significa que este seja melhor que aquele, muitas vezes acontecendo justamente o contrário. No entanto, nessa dificuldade em se reconhecer o potencial das pessoas, foram criadas barreiras chamadas de especialização: apenas especialistas podem falar sobre o assunto, por mais conhecimento que se tenha sobre. Até algum tempo atrás, realmente alguns conhecimentos estavam acessíveis apenas àqueles que buscavam uma formação, digamos, "formal". Porém, hoje em dia é fácil adquirir conhecimentos específicos e densos sobre qualquer assunto, tornando-se muitas vezes mais "especialista" que os ditos "especialistas", mas sem transmitir "confiança" sobre o conhecimento que possui. Confiança que se confunde com a arrogância em aceitar a experiênc

A Geração Z não falhou

Imagem
Antes de tudo, um esclarecimento: engana-se quem diz que a geração Z refere-se aos nascidos na virada do milênio. A "famosa" geração Z refere-se aos nascidos nos anos 90, em um ambiente de fim da Guerra Fria, onde o mundo deixa de ser bipolar e uma suposta "liberdade" passa a reinar. Já os millenials são os nascidos na Virada do Milênio, chegando a soar óbvio ter que explicar essa diferença que está passando batido. Pois bem, há alguns comentários na internet, em vídeos e em posts, de que essa geração Z, hoje por volta dos 30 anos, não teria alcançado o "sucesso na vida" como as gerações anteriores: formado uma família, adquirido um imóvel, conquistado estabilidade profissional. Muitos da citada geração moram de aluguel, quando não moram com os pais, ainda estão procurando "a metade da laranja", e mesmo o "emprego dos sonhos". Comparando dessa forma, realmente a geração Z deixa a desejar. Contudo, a situação é muito mais complexa: a

É difícil lidar com gente honesta

Imagem
Uma coisa que as pessoas ainda não perceberam é a dificuldade em lidar com alguém realmente honesto, sem pretensões de levar vantagem sobre ninguém, admitindo erros e derrotas caso justas forem. São pessoas que conhecem as regras e possuem valores a guardar e defender: algo tão raro hoje em dia, e tão deturpado pela sociedade, que pessoas honestas tornaram-se alvos a serem neutralizados, quando não destruídos. Quando se tenta levar tudo no jeitinho, tende-se a criar laços de chantagem com outros espertalhões: o famoso rabo preso. Um protege o outro para não ser delatado, e assim o esquema de vantagens continuar. Já o honesto, por não ter esses laços, e não precisar deles para sobreviver, gera incômodos para quem precisa das irregularidades e dos "esqueminhas": afinal, podem ser descobertos e neutralizados legalmente a qualquer momento. No final das contas, as pessoas no geral lidam com os desonestos de duas formas: ou pela imposição ou pela rendição. Nesta, a pessoa simple