O Altruísmo é Egoísta

Ao contrário da maior parte dos comunicadores, não sou daquelas pessoas que "desligam o firewall" alheio para transmitir uma mensagem. Eu prefiro que uma pessoa rejeite um argumento meu pela pura rejeição (refuto porque refuto) do que aceite bovinamente o que eu digo. E acredito que as pessoas deveriam aprender a manter o firewall ativo e vigilante para evitar que ideias indesejadas alojem-se na cabeça e criem raízes.

O que eu quero dizer neste post nada tem a ver com aquela furada de que tudo é relativo. Depender de contexto, ou mesmo de ponto de vista, não significa relativizar. Relativizar é distorcer fatos para tirar proveito daquilo. Quando se analisa algo em seu devido contexto, a conclusão pode ser diferente do esperável, até mesmo desagradável. Mas é a concreta e correta.

Quando eu digo que o altruísmo é egoísta é pelos dois conceitos estarem a tal ponto ligados que podem ser considerados uma coisa só. Como o Yin e o Yang do Taoismo, nos quais um tem o outro dentro de si, o altruísmo tem dentro de si o egoísmo e o egoísmo tem dentro de si o altruísmo. A dificuldade em entender isso está mais em aceitar que uma pessoa altruísta é ao mesmo tempo egoísta e que o egoísta é ao mesmo tempo altruísta do que o conceito em si.

Vou exemplificar: quando uma pessoa é genuinamente altruísta, ela também está beneficiando-se daquele ato, querendo ou não. Pode-se pensar: a pessoa não quer ser egoísta, ela está pensando no outro em primeiro lugar. Sim, mas ela sabe que tirará vantagem disso de alguma forma - e isso é egoísmo. Invertendo o exemplo, quando uma pessoa age de forma considerada egoísta, ela pode estar ajudando o outro com o que este precisa, não com o que este quer.

Como disse em outro post, a Verdade fica mais clara quanto mais evoluída a pessoa é. A mesma coisa em relação ao altruísmo e ao egoísmo: saindo de situações cotidianas, ao serem elevados ambos os conceitos, ambos fundem-se. As atitudes tornam-se tão boas e elevadas que não importa mais quem será beneficiado ou não - mesmo que aqueles que não percebam isso continuem a rotular.

Comentários

  1. Isto é como o caso do avestruz, que adota os filhotes órfãos, porque isso protege os próprios filhotes? Embora, eu não consigo imaginar como um biólogo tenha conseguido compreender as intenções de um avestruz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem?
      Eu pesquisei na internet sobre essa pesquisa sobre os avestruzes, para entender melhor seu comentário, mas não achei.
      Poderia me mandar, por favor?
      Até

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ao clicar em enviar, aparecerá uma caixinha de confirmação.